- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Mirassol-SP decide no 1ª tempo e fica perto da final

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

No duelo entre os dois melhores ataques entre os semifinalistas da Série D do Campeonato Brasileiro, melhor para o Mirassol-SP. Neste domingo (17), o Leão atropelou o Altos-PI por 4 a 0 no estádio José Maria de Campos Maia, o Maião, em Mirassol (SP), no jogo de ida do confronto que decide um dos finalistas da competição.

A partida de volta será no próximo domingo (24), no estádio Felipe Raulino, o Felipão, em Altos (PI), às 15h45 (horário de Brasília). Os paulistas podem perder por três gols de diferença que, ainda assim, avançam à final. O Verdão terá de ganhar por cinco gols de saldo para se classificar. Caso os piauienses igualem o placar agregado, a vaga será decidida nos pênaltis.

A goleada isolou o Mirassol como ataque mais positivo da competição. O time paulista foi a 46 gols marcados, superando a Aparecidense-GO, que balançou as redes 44 vezes até ser eliminada pelo próprio Leão nas quartas de final. O artilheiro mirassolense é Fabrício Daniel, que chegou a dez gols neste domingo. São dois a menos que os também atacantes Zé Love (Brasiliense-DF) e Wallace Pernambucano (América-RN), goleadores da Série D.

Pelo Altos, o ataque que assinalou 40 gols até o momento não funcionou no Maião, mesmo depois que o Mirassol teve um jogador expulso, ainda na primeira etapa. Goleador do Verdão na quarta divisão, o atacante Betinho foi bem marcado e teve poucas oportunidades para finalizar. Ele segue com nove gols na competição.

Leão domina primeira etapa

Implacável. Assim pode ser definido o primeiro tempo do Mirassol. Antes mesmo de o cronômetro indicar os 45 minutos, o Leão vencia por 4 a 0. O placar foi aberto aos três minutos, após pênalti cometido no atacante Netto. Fabrício Daniel bateu, à meia altura, e converteu. Aos dez minutos, a defesa do Altos afastou mal o cruzamento rasteiro do lateral-direito Vinícius e a bola sobrou para o atacante Rafael Tavares mandar a bola no ângulo.

A pressão do time paulista não arrefeceu. O goleiro Marcelo efetuou pelo menos duas grandes defesas após o segundo gol mirassolense. Aos 29 minutos, porém, a zaga do Verdão parou após um lançamento do goleiro Felipe Lacerda, o atacante João Carlos disparou, ganhou de Marcelo na dividida e mandou para o gol. A primeira resposta do Altos veio apenas aos 36 minutos em chute de Betinho que Felipe Lacerda espalmou para fora.

Apesar da larga vantagem, o Leão teve Vinícius expulso por falta dura no campo de defesa. Mesmo assim, foi o Mirassol que movimentou o placar novamente. Aos 43, quatro minutos depois de acertar a trave com Fabrício Daniel, Netto voltou a mandar a bola no poste. Desta vez, porém, João Carlos pegou o rebote e assinalou o quarto.

Altos acorda, mas não marca

No segundo tempo, o Altos, enfim, acordou para o jogo e passou a ocupar por mais tempo o campo do Mirassol. Aos 13 minutos, Netinho girou na área e acertou o travessão, na melhor chance da equipe. Aos 26, o também atacante Manoel bateu de fora da área, a bola desviou no zagueiro Danilo Boza e quase enganou Felipe Lacerda, que reagiu rápido e conseguiu evitar o gol dos piauienses.

Os paulistas já não encontravam a mesma facilidade para construir jogadas. Ainda assim, tiveram duas grandes chances com Fabrício Daniel. Aos 24 minutos, o atacante escapou do goleiro e bateu para fora, mesmo com a meta vazia. Três minutos depois, ele recebeu na marca do pênalti, com liberdade, mas finalizou em cima da marcação. No rebote, o chute do camisa 11 foi espalmado por Marcelo. Com um a menos e preocupado em vantagem, o time da casa cadenciou o jogo até o apito final no Maião.

Veja a tabela da Série D do Brasileiro.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Primeira-dama faz integração de crianças de abrigo com PMDF – Agência Brasília

Visita mesclou momentos de brincadeiras e aprendizado / Foto: Glênio Dettmar / Subchefia de Políticas Sociais e Primeira InfânciaCrianças que vivem no Instituto...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo