- PUBLICIDADE -

Brasil estreia na Copa do Mundo de tênis de tênis de mesa na Chin

Mais Lidas

A cidade de Weihai, no nordeste da China, recebe a partir do final da noite desta quinta-feira (12) a Copa do Mundo masculina de tênis de mesa. A competição abre uma série de torneios internacionais que também serão realizados em solo chinês até o fim do mês, mediante a um rigoroso protocolo sanitário, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O Brasil será representado pelos dois atletas mais bem colocados do país no ranking da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF, sigla em inglês). O paulista Gustavo Tsuboi, 44º do mundo, estreia à meia-noite (horário de Brasília) desta sexta contra o sul-coreano Jang Woojin, número 18 do ranking. Às 6h, o adversário será o austríaco Roberto Gardos (28º). Para se classificar às oitavas de final, o brasileiro tem de ficar, ao menos, entre os dois melhores do grupo de três mesatenistas.  Os jogos podem ser acompanhados ao vivo no canal ITTV.

“A Copa do Mundo é uma competição especial, pois além de ser um dos eventos principais do calendário, costumo ir bem neste torneio. Já alcancei as quartas de final uma vez. Não sei até onde posso chegar agora. A expectativa é conseguir jogar bem. Não foi a melhor preparação para nenhum dos jogadores, mas é igual para todo mundo. Tive algumas partidas na Bundesliga [Campeonato Alemão, no qual defende o Bad Homburg], o que pode me ajudar no ritmo de jogo”, disse Tsuboi, em comunicado à imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).

Sexto melhor mesatenista do mundo, Hugo Calderano entra direto nas oitavas de final da Copa do Mundo, previstas para começar sábado (14). Após oito meses, será a primeira competição internacional do fluminense – que também joga a Bundesliga, pelo Liebherr Ochsenhausen.

“O tênis de mesa não é uma ciência exata, onde você joga bem se treinou bem. É difícil ter expectativas, a gente não tem muitas referências do meu nível e do nível dos adversários, como vai estar a confiança dos adversários, como eu vou me sentir mentalmente, fisicamente e até emocionalmente. Vou focar no meu jogo. Todo mundo está louco para competir, todos vão querer comer os outros vivos, só tem predador, tubarão”, afirmou Calderano, também em nota divulgada pela CBTM.

Hugo CalderanoHugo Calderano

Número seis no ranking mundial, o carioca Hugo Calderano entra direto nas oitavas de final da Copa do Mundo de tênis de mesa – Reuters/Alkis Konstant/Direitos Reservados

A Copa do Mundo feminina, disputada entre domingo (8) e terça-feira (10), também em Weihai, não teve participação de brasileiras. O título ficou com a chinesa Chen Meng, número um do mundo, que venceu a compatriota Sun Yingsha (terceira do ranking mundial) por quatro sets a um (11-13, 11-6, 11-9, 11-6, 11-8).

Bolha chinesa

Para realização da Copa do Mundo e das competições seguintes na China, a ITTF criou uma espécie de “bolha”, semelhante ao modelo adotado pela NBA (principal liga norte-americana de basquete). Os atletas e técnicos foram submetidos a testes da covid-19 antes do embarque e depois da chegada. Por uma semana, eles não puderam deixar os quartos. A cada troca de cidade ou dois dias de treino – que só pode ser feito com jogadores que estiveram no mesmo voo até o país asiático -, novos exames são realizados.

Após a Copa do Mundo, os 16 mesatenistas mais bem colocados no ranking mundial viajaram para a cidade de Zhengzhou, onde disputam o ITTF Finals entre os próximos dias 19 e 22 – Calderano será o representante brasileiro. Por fim, de 25 a 29 deste mês, o torneio internacional de Macau (com premiação de R$ 460 mil para o campeão) encerra a “bolha” do tênis de mesa, com participação de Tsuboi e Calderano.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Paradas de ônibus de Vicente Pires são grafitadas – Agência Brasília

Na Rua 8, por exemplo, o equipamento estampa uma árvore de Ipê Amarelo, muito conhecida pelos brasilienses por sua beleza e exuberância |...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: