- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Homicídios prende um dos líderes do tráfico no Setor Negrão de Lima suspeito de matar traficante rival

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), prendeu Welinton Rafael Fernandes dos Santos, vulgo “Leleco”, 28 anos. Ele é suspeito do homicídio de Raimundo Aloncio Sales Pinheiro, 27 anos, morto a tiros em via pública, no Setor Negrão de Lima, em Goiânia, na data de 13 de agosto de 2020.

Dias após o delito, o suspeito deixou a capital goiana e fugiu para o estado do Tocantins. Após monitoramento e compartilhamento de informações, o suspeito foi preso na cidade de Taguatinga (TO), com apoio de policiais civis daquele Estado. De acordo com as investigações, a motivação foi a disputa por pontos de venda de drogas no Setor Negrão de Lima, já que suspeito e vítima agiam como traficantes de drogas no local.

Contra o suspeito, foram cumpridos dois mandados de prisão, um pelo crime de homicídio (prisão temporária), e outro pelo crime de tráfico de drogas (prisão preventiva). No decorrer das investigações, os policiais civis apreenderam diversas porções de cocaína preparadas para a venda, balança de precisão e munições de arma de fogo pertencentes ao investigado. O investigado, que já havia sido preso outras duas vezes por tráfico de drogas, agora está preso e à disposição da Justiça.

A divulgação da imagem e identificação do preso foi precedida nos termos da Lei n.º 13.869, Portaria n.º 02/2020 – PC, Despacho do Delegado Titular desta unidade, nº 000010828006 e Despacho DIH/DGPC- 09555 dos responsáveis pela investigação, especialmente porque visa a identificação de eventuais crimes outros cometidos pelo suspeito, bem como surgimento de novas testemunhas.

 

 

Fonte: PC/GO

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

HB oferece apoio psicológico a pacientes com câncer – Agência Brasília

Eloilde de Assis: “Hoje consigo, cada vez mais, aceitar minha condição. Não estou mais triste” | Foto: Divulgação/Iges-DFMedo, insegurança, instabilidade emocional. Esses são...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: