Estamos nas redes sociais

Notícias

Família teme por segurança após criança ser baleada

Publicado

em

Myke Sena

“Apesar de tudo, a gente tem que agradecer. Aqui é uma rua que tem muita criança, poderia ter sido muito pior”. O relato é de uma tia da garota Sther Laís de Jesus, de 3 anos, que foi baleada enquanto pedalava na rua de sua casa, em Santa Maria. A menina está internada em coma na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Instituto Hospital de Base (IHBDF).

Segundo informações de moradores, a possibilidade é de que o tiroteio tenha sido por conta de guerra entre gangues que atuam na região. Por isso, a família, que está revoltada, prefere não se identifcar. O medo se estende também aos vizinhos, que acreditam que os criminosos possam voltar para acertar quem seria o alvo. “Pegaram uma criança que não tem nada a ver”, lamenta uma parente.

Sther foi baleada no lado esquerdo da cabeça. A esperança, agora, é de que a garota se recupere logo. “Fizeram a cirurgia para retirar a bala. Mas a gente recebeu a notícia de que ainda tem estilhaços no cérebro dela, e que eles não podem mexer porque é muito perigoso”, conta uma tia. Por isso, a garota corre risco da menina ficar com sequelas.

Leia mais: Criança de 3 anos é baleada na cabeça enquanto pedalava em Santa Maria

Socorro não chegou ao local

A própria vizinhança socorreu a criança e a levou para o Hospital Regional de Santa Maria, antes mesmo da chegada do Corpo de Bombeiros. “Não veio ninguém, nem Polícia Militar, Civil, nada. Chegaram depois de horas”, critica uma tia. No entanto, segundo a Polícia Militar, o acionamento ocorreu às 18h36 por testemunhas que informaram que o suspeito disparou de dentro de um veículo e a bala perdida atingiu a cabeça da garota.

Na Polícia Civil, o caso foi registrado como tentativa de homicídio. Apesar de haver um suspeito, a identidade será preservada para não atrapalhar as investigações. O caso é apurado pela 33ª Delegacia de Polícia.

Fonte:Jornal de Brasilia

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.