Estamos nas redes sociais

Notícias

moradores fecham acesso a uma das entradas do Lixão da Estrutural

Publicado

em

Informações preliminares dão conta de que trata-se de uma manifestação de moradores em protesto ao trânsito de caminhões pelas vias urbanas

Vários pneus pegaram fogo no início da manhã desta terça-feira (20/1) na entrada de uma das vias de acesso ao Lixão da Estrutural. O ato, realizado por moradores da região, aconteceu em protesto ao trânsito de caminhões nas vias urbanas.
 
O Corpo de Bombeiros foi acionado e apagou as chamas. Segundo o sargento da corporação Aécio dos Santos, havia dois focos que geravam risco. “O maior deles, estava próximo a um depósito de bujões de gás, então foi preciso apagar as chamas”, justificou.
A passagem obrigatória para os caminhões deveria acontecer pelo anel viário construído pelo Governo do Distrito Federal (GDF) ao redor da região, mas poucos motoristas seguem as normas de circulação. Nas vias, há várias placas indicando ser proibido o fluxo de caminhões.
 
O empregador de gás Francisco Ferreira, 39 anos, confirmou que os caminhões foram o pivõ do protesto. Segundo ele, alguns vizinhos dele colocaram fogo nos pneus para impedir a passagem dos veículos.
 
“Eles (caminhões) passam na rua e não respeitam os quebra-molas, o limite de velocidade, deixam a rua suja. É um risco para as crianças e para os idosos que moram aqui”, argumentou ele, que disse não estar envolvido na manifestação, mas que demonstrou apoio ao movimento.
 
Fiscalização
 
O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) informou, por meio de nota, que acionou o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) para reforçar a proibição da entrada de caminhões nas vias urbanas da Estrutural.
 
O SLU reforçou que há várias placas indicando a proibição do fluxo de caminhões, inclusive equipamentos eletrônicos, como radar. Existe uma determinação do órgão para que os caminhões terceirizados passem pelo anel viário.

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.
Continue lendo