- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Conectado ao Poder: Mesmo com parecer pela rejeição, comissão de educação aprova projetos em defesa da criança – Rodrigo Delmasso

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

Conectado ao Poder: Mesmo com parecer pela rejeição, comissão de educação aprova projetos em defesa da criança
Conectado ao Poder: Mesmo com parecer pela rejeição, comissão de educação aprova projetos em defesa da criança
Conectado ao Poder: Mesmo com parecer pela rejeição, comissão de educação aprova projetos em defesa da criança

Conectado ao Poder – Mal passou o mês de maio, marcado pela cor laranja em alusão ao Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e dois projetos contra a erotização de crianças recebem parecer pela rejeição, na comissão de educação da Câmara Legislativa (CLDF). No dia 1º de junho, na Comissão de Educação, Saúde e Cultura da CLDF, foi lido relatório pela rejeição de dois projetos de lei do deputado Delmasso (Republicanos).

De autoria do deputado Delmasso, o PL nº 1758/2017 estabelece diretrizes para “Infância sem Pornografia”. O segundo projeto, o PL nº 781/2019 dispõe sobre a proibição da exposição de crianças de até 12 anos a danças que aludam à sexualização precoce nas escolas. Apesar do parecer pela rejeição dos projetos, relatado pelo deputado professor Reginaldo Veras (PDT), e voto contrário da deputada Arlete Sampaio (PT), os projetos foram aprovados pela maioria, que rejeitaram os pareceres contrários aos projetos.

Na reunião, a deputada Arlete Sampaio leu o parecer sobre o PL nº 1758/2017. Em determinado trecho, o parecer aponta que ao procurar impor censura de conteúdo a ser trabalhado nas escolas do DF, retirando a possibilidade de que sejam abordadas questões relativas à educação e a orientação sexual, que isso afrontaria o princípio constitucional da liberdade de aprender e de ensinar.

Entretanto, Delmasso ressaltou que o próprio Estatuto da Criança e do Adolescente cita que as crianças não devem ser expostas a conteúdos pornográficos. “A educação sexual é dever da família e deve ser apenas complementar na escola. Acredito que todos aqueles que são conservadores como eu, defendem uma infância sem pornografia.

Na íntegra

Fonte: rodrigodelmasso.com.br/2020/06/08/conectado-ao-poder-mesmo-com-parecer-pela-rejeicao-comissao-de-educacao-aprova-projetos-em-defesa-da-crianca

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

secretário da Educação e ministro visitam local de prova – Agência Brasília

O Centro de Ensino Médio Julia Kubitschek, na Candangolândia, recebeu 512 participantes estudantes neste domingo, segundo dia de...

oferta de 447 vagas – Agência Brasília

Uma vaga para engenheiro civil, com remuneração de R$ 4 mil, mais benefícios, é o destaque entre as 447 ofertas de emprego das...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: