- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Floresta e Novorizontino iniciam duelo pela semifinal

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

Alcançado o primeiro objetivo, que era o acesso à Série C, Floresta-CE e Novorizontino-SP miram agora o título da Série D do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (16), as equipes se enfrentam na Arena Castelão, em Fortaleza, no primeiro jogo do confronto pelas semifinais da competição. A bola rola a partir das 18h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Brasil. O duelo de volta será no próximo sábado (23), no mesmo horário, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP), também com exibição, ao vivo, da emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

A subida à terceira divisão do futebol nacional é inédita para os dois clubes. Nas quartas de final, o Verdão superou o América-RN. Na partida de ida, transmitida pela TV Brasil direto de Fortaleza, a equipe cearense venceu por 2 a 0. Na volta, há uma semana, na Arena das Dunas, em Natal, o empate por 1 a 1 assegurou o acesso. O Tigre, por sua vez, derrotou o Fast Clube-AM na Arena da Amazônia, em Manaus, por 1 a 0. No interior paulista, atropelou o rival por 3 a 0 no duelo do último domingo (10), em jogo que também foi exibido pela emissora da EBC.

O acesso coroou a volta por cima do Floresta na temporada 2020. Em janeiro do ano passado, após dois anos chegando às semifinais, a equipe foi rebaixada no Campeonato Cearense. Foram sete meses sem ir a campo até a derrota por 1 a 0 para o Afogados-PE, na estreia da Série D. Foi a última vez que o Verdão não balançou as redes na competição. De lá para cá, o clube marcou 33 gols, liderado pelos atacantes Deysinho e Flávio Torres, autores de, respectivamente, sete e seis gols.

O técnico Leston Júnior poupou os titulares do compromisso da última quarta-feira (13) pela Copa Fares Lopes, torneio entre equipes cearenses que dá ao campeão vaga na próxima Copa do Brasil. Mesmo repleto de jovens formados na base, o Verdão bateu o Pacajus-CE por 1 a 0, gol do atacante Veraldo. O foco é total na busca pelo título, que pode isolar o Ceará como o estado mais vezes campeão da Série D. Guarany de Sobral (2010) e Ferroviário (2018) já venceram a competição.

O Novorizontino, por sua vez, tem a melhor campanha da competição. São 13 vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas, com 73,3% de aproveitamento. O Tigre possui, ainda, a defesa menos vazada da Série D, com nove gols sofridos em 20 jogos. O setor, porém, estará desfalcado do experiente Bruno Aguiar, de 34 anos, que recebeu o terceiro amarelo contra o Fast e está suspenso. O também zagueiro Adriano, de 23 anos, deve ser o substituto ao lado de Edson Silva no sistema.

“Entramos na competição tendo os nossos objetivos primordiais. O primeiro deles, que era o acesso, nós conseguimos, conquistamos. Era a nossa obsessão, trabalhamos em cima disso. Agora, podemos pensar em título. Lógico que conseguir conquistar pontos na casa do adversário é importante. Jogaremos com muito respeito ao adversário, mas em busca de chegar à final”, afirmou o técnico Roberto Fonseca, em depoimento ao site oficial do Tigre.

Veja a tabela da Série D do Brasileiro.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Primeira-dama faz integração de crianças de abrigo com PMDF – Agência Brasília

Visita mesclou momentos de brincadeiras e aprendizado / Foto: Glênio Dettmar / Subchefia de Políticas Sociais e Primeira InfânciaCrianças que vivem no Instituto...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo