- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Pessoas com deficiência institucionalizadas são vacinadas – Agência Brasília

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...
Os primeiros vacinados foram 48 moradores da Associação dos Excepcionais de Ceilândia juntamente com 62 cuidadores que atuam na instituição | Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

A Secretaria de Saúde iniciou, nesta quarta-feira (20), a vacinação de pessoas com deficiência que residem em unidades de acolhimento no Distrito Federal. Os primeiros vacinados foram 48 moradores da Associação dos Excepcionais de Ceilândia juntamente com 62 cuidadores que atuam na instituição. A expectativa da pasta é vacinar, até o dia 29 de janeiro, todos os 485 acolhidos com deficiência e cuidadores das instituições de longa permanência.

“Foi um momento gratificante para nossa equipe da Região de Saúde Oeste levar a imunização para essas pessoas com vulnerabilidade e preveni-las contra o coronavírus. A superintendência Oeste se fez presente cumprindo uma determinação da Secretaria de Saúde”, explica a superintendente da Região de Saúde Oeste, Lucilene Florêncio.

As vacinas foram aplicadas por cinco profissionais da Unidade Básica de Saúde 2 de Ceilândia. A Associação dos Excepcionais de Ceilândia funciona desde 1973 e abriga pessoas com deficiência que possuem alguma comorbidade, em idades entre 25 e 73 anos. Os abrigados estão desde março sem receber visitas para evitar exposição ao novo coronavírus. As equipes encontraram nas videochamadas uma forma de manter o contato com os familiares.

“É um privilégio para nós estar no início da campanha, é um vírus perigoso e participar desse processo é muito bom, principalmente por serem de grupo de risco”, afirma Daniel Coelho, administrador judicial da associação.

Sérgio de Oliveira, de 56 anos, foi a primeira pessoa com deficiência abrigada em uma unidade de internação a ser vacinada contra a Covid-19. Para ele foi “uma alegria receber a vacina contra o coronavírus”.

Também foram vacinados, nesta quarta-feira, os abrigados da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Taguatinga e Ceilândia, localizada em Ceilândia. Foram dez vacinados, sendo três abrigados e sete cuidadores. A Secretaria de Saúde lembra que a vacina não é recomendada para menores de 18 anos, por isso o quantitativo de vacinados neste local é baixo.

Vacinação em idosos institucionalizados

A Secretaria de Saúde iniciou, na última terça-feira (19), a vacinação nas 28 unidades de acolhimento para idosos e pessoas com deficiência do Distrito Federal. Foram vacinadas 122 pessoas que residem no Lar dos Velhinhos Maria Madalena, no Núcleo Bandeirante e 91 cuidadores que atuam na unidade. Também foram vacinados 34 idosos que vivem na Casa do Vovô, na Asa Norte.

A Secretaria de Saúde prevê encerrar a primeira semana de vacinação, nesta sexta-feira (22), tendo imunizado 80% desse grupo com a primeira dose da CoronaVac.

Todas as informações relacionadas à vacinação contra a Covid-19 no DF serão disponibilizadas na página da Secretaria de Saúde.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Fonte: Agência Brasilia

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Primeira-dama faz integração de crianças de abrigo com PMDF – Agência Brasília

Visita mesclou momentos de brincadeiras e aprendizado / Foto: Glênio Dettmar / Subchefia de Políticas Sociais e Primeira InfânciaCrianças que vivem no Instituto...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo