- PUBLICIDADE -

Pdaf reforçado com R$ 394 mil para investir na Educação – Agência Brasília

Mais Lidas

Montante de R$ 370 mil está disponível para as CREs de Ceilândia, Plano Piloto, Samambaia e Taguatinga | Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

Mais investimento para as escolas da Secretaria de Educação (SEEDF) com a liberação de R$ 394 mil do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (Pdaf). As portarias 310 e 311, que disponibilizam os recursos, foram publicadas no Diário Oficial (DODF) desta quinta-feira (8).

O montante de R$ 370 mil está disponível para as coordenações regionais de ensino (CREs) de Ceilândia, do Plano Piloto, de Samambaia e de Taguatinga. Para a CRE do Recanto das Emas, o valor aprovado é de R$ 24 mil. Esses recursos do Pdaf foram liberados por meio de emendas parlamentares.

87,4 milhõesdo Pdaf já foram liberados no segundo semestre

Na soma total deste segundo semestre de 2020, incluindo esses últimos valores liberados, já foram disponibilizados cerca de 87,4 milhões para regionais de ensino e escolas da rede pública por meio do Pdaf. O montante é proveniente de recursos próprios da Secretaria de Educação e também de emendas parlamentares.

Os valores do Pdaf servem para custeio de pequenos reparos nas escolas, como pintura, consertos em telhados e pisos. Eles também podem ser utilizados para despesas de capital, a partir da compra de materiais permanentes, tais como computadores e impressoras, que se incorporam ao patrimônio da unidade. 

CRE / UE Capital Custeio Total
1 CRE Ceilândia R$ 0,00 R$ 80.000,00 R$ 80.000,00
2 CRE Plano Piloto R$ 0,00 R$ 60.000,00 R$ 60.000,00
3 CRE Samambaia R$ 0,00 R$ 120.000,00 R$ 120.000,00
4 CRE Taguatinga R$ 0,00 R$ 110.000,00 R$ 110.000,00
Total R$ 0,00 R$ 370.000,00 R$ 370.000,00
CRE / UE Capital Custeio Total
1 CRE Recanto Das Emas R$ 24.000,00 R$ 0,00 R$ 24.000,00
Total R$ 24.000,00 R$ 0,00 R$ 24.000,00

Processo para utilização do Pdaf

Para utilizar a verba, as regionais de ensino devem iniciar processo no Sistema Eletrônico de Informação (SEI), contendo a portaria que descentralizou o recurso e o documento de aprovação da destinação dos valores pelo Conselho Escolar. A transferência do dinheiro para as CREs só acontece quando comprovada a adimplência das unidades executoras (que utilizaram os valores), por meio da prestação de contas anual dos exercícios anteriores, além da regularidade das apresentações de contas parciais do período em curso.

Já a unidade executora deve utilizar os recursos do Pdaf de acordo com a Lei Distrital nº 6.023/2017 e os demais conjuntos normativos relativos ao programa. A execução da emenda parlamentar deverá ser efetivada no exercício referente ao primeiro pagamento. Caso haja saldo residual ou a execução não se complete, a utilização ficará condicionada à autorização da Subsecretaria de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação (Suplav), da SEEDF.

Os recursos liberados nesta quinta-feira têm origem em emendas dos deputados distritais Fábio Félix e Martins Machado.

 

* Com informações da Secretaria de Educação

Fonte: Agência Brasilia

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Servente de pedreiro é preso transportando drogas em Jataí-GO

Agentes da Polícia Rodoviária Federal prenderam um homem transportando 256 quilos de maconha em um carro...

Portal Goiás – CNH Social: lista de contemplados sai dia 30

A lista com os candidatos classificados para o programa CNH Social, desenvolvido pelo Governo de Goiás, deve ser divulgada no próximo dia...

Quase mil atendimentos de saúde e cidadania na Estrutural – Agência Brasília

Foram mobilizadas 25 pessoas pelo programa Voluntariado em Ação, também coordenado pela Sejus, para atender nesta edição do Sua Vida Vale Muito Itinerante,...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: