- PUBLICIDADE -

Pais e filhos atentos aos protocolos contra o coronavírus – Agência Brasília

Mais Lidas

Dia de passear no Zoo, mas de máscara e com respeito ao distanciamento social | Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

Como conciliar o Dia das Crianças com os protocolos de segurança obrigatórios para conter a pandemia de Covid-19? Foi pensando nisso que muitos pais e mães saíram de casa neste 12 de outubro e, com consciência e segurança, levaram seus pequeninos para se divertir em conhecidos espaços públicos do DF, como o Jardim Zoológico, o Parque Ana Lídia e o Lago Paranoá.

O principal cuidado tanto para os mais velhos quanto para os mais novos foi a utilização das máscaras de proteção, que viraram um atrativo especial principalmente para as crianças. Neste feriado, os pequenos desfilaram com todo tipo de modelos, com representações de desenhos animados ou de seus super-heróis favoritos. Além disso, pais e mães também redobravam a atenção com o álcool gel, principalmente quando as crianças voltavam dos brinquedos ou parquinhos.

5 mil pessoasforam ao Zoo de Brasília neste Dia das Crianças

Somado aos cuidados particulares de cada família, servidores do GDF também estiveram presentes nos principais pontos de encontro e de diversão para crianças, de prontidão a orientar quanto às medidas de segurança contra a disseminação do novo coronavírus. Agentes do DF Legal estiveram no Zoológico para coibir o comércio ambulante irregular e lembrar sobre a obrigatoriedade das máscaras. Já efetivos da Polícia Militar também estavam presentes para garantir a segurança e evitar aglomerações.

“A fiscalização continua sendo desenvolvida da mesma maneira como vem sendo feita desde sempre. Vamos continuar supervisionando os protocolos e medidas sanitárias previstas nos decretos”, explicou o subsecretário de Fiscalização de Atividades Econômicas do DF Legal, Francinaldo Oliveira.

Meninada lota de alegria o recém-reformado Foguetinho do Parque Ana Lídia | Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

Zoológico

Reaberto para visitação desde o dia 1º deste mês, o Zoológico de Brasília foi um dos locais mais procurados pelas famílias para o Dia das Crianças. Ao longo dia cerca de 5 mil pessoas foram ao local.

Para se ter uma ideia do movimento, o primeiro carro chegou às 5h30 – isso porque a abertura dos portões só foi iniciada às 9h. Filas quilométricas de carros se formaram. Além da grande procura, a lotação no espaço estava limitada a 1,5 mil pessoas por vez. Para entrar, só de máscara e com a temperatura corporal devidamente aferida.

Família Souza com atenções divididas entre o piquenique, os animais e os protocolos sanitários | Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

No interior do Zoológico, o amplo espaço e a bicharada fizeram a alegria da criançada. Um dos bichos mais requisitados foi o elefante Chocolate, que retribuiu a atenção aparecendo na área descoberta de seu abrigo para comer e se refrescar. Em uma das mesas próximas ao local onde vive Chocolate, a família Souza descansava em uma mesa com sombra enquanto fazia um lanche pela manhã e aguardava a próxima atração, que seria aproveitada por Arthur, de 10 anos: alimentar uma das girafas que o Zoológico cuida.

“Estamos só no começo, ainda tem muito a fazer. Brinquedos novos, reforma de banheiros e das quadras poliesportivas. É um pedido do governador e iremos atender”Silvestre Rodrigues, administrador do Parque da Cidade

A diretora-presidente do Zoológico, Eleutéria Mendes, comemorou a reabertura do local para a comemoração do Dia das Crianças, mas lembra que a prioridade, no momento, é seguir as recomendações sanitárias. “A nossa vontade é de acolher a todos, mas a saúde é prioridade. Estamos seguindo todas as recomendações do decreto por uma causa muito maior. Pedimos a todos que tenham um pouco de paciência e que quem não conseguiu nos visitar ainda, que volte nas próximas semanas. Estaremos aguardando com muito carinho e cuidado”, garantiu.

Parque Ana Lídia

Um dos pontos mais icônicos para qualquer criança nascida ou criada em Brasília é o Parque Ana Lídia, próximo ao Estacionamento 12 do Parque da Cidade. Conhecido pelo famoso Foguetinho, o local já foi palco para as brincadeiras de milhares de crianças e, neste ano, a visita foi ainda mais significativa: foi o primeiro feriado em que o parquinho pôde receber visitantes depois da reforma pela qual passou recentemente.

Quem aproveitou muito a manhã no famoso Foguetinho do Ana Lídia foi o pequeno Ian, de três anos de idade. Devidamente protegido com sua máscara para nariz e boca, ele foi “às alturas” no topo do brinquedo, chegando perto do céu igual ao seu super-herói favorito, o Super-Homem – que, não por acaso, ele também carregava em sua fantasia e em sua máscara para os olhos, imitando a feição de Clark Kent.

O super-herói Ian se esbaldou em seu dia, mas sempre de máscara contra o vilão coronavírus | Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

Para a mãe de Ian, Jaqueline Araújo, a saída de casa para aproveitar o dia das crianças foi necessária depois de muitos meses de isolamento, mas sem descuidar da cautela e da responsabilidade em tempos de crise sanitária. “Estou sempre com o álcool gel para passar nas mãos dele, e a máscara não sai do rostinho. Quando precisamos ir ao mercado, ele já escuta o que tem que ser feito e ele mesmo já dá o bracinho para que meçam a temperatura”, conta.

A Administração do Parque da Cidade, em parceria com o DF Legal e a PMDF, fazia a inspeção e a orientação sobre as máscaras para as pessoas que ainda insistiam em não usá-las. Em relação à estrutura, o administrador do local, Silvestre Rodrigues da Silva, garante que a entrega do Parque Ana Lídia não será a única. “Estamos só no começo, ainda tem muito a fazer. Brinquedos novos, reforma de banheiros e das quadras poliesportivas. É um pedido do governador e iremos atender”, promete.

Lago Paranoá

Localizado ao lado do acesso à Ponte das Garças, na L4 Sul, o Parque do Deck Sul também foi um dos locais muito procurados pelas famílias para aproveitar o feriado nesta segunda (12). Laura Beatriz, de oito anos de idade, estreou seu novo skate na pista do local, acompanhada da mãe, a advogada Liana Carvalho.

Além da proteção para os joelhos, cotovelos e pulsos, Laura também se protegia contra o coronavírus, tanto com a máscara quanto com os cuidados da mãe. “Sempre ando com o álcool gel na bolsa, e acabamos optando por vir aqui ao Deck Sul porque está mais tranquilo e é aberto”, explica Liana.

Galeria de Fotos

Pais e filhos atentos aos protocolos contra o coronavírus

Fonte: Agência Brasilia

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Iges-DF quer captar R$ 160 milhões em emendas – Agência Brasília

A renovação do parque tecnológico do centro cirúrgico do Hospital Regional de Santa Maria,  administrado pelo Iges-DF, está entre os projetos que o...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: