- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Nova empresa começa a operar rede de papa-entulhos do SLU – Agência Brasília

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...
Os papa-entulhos são fundamentais para manter a cidade limpa e organizada, além de diminuir os casos de dengue| Foto: Divulgação/SLU

Os dez papa-entulhos do DF estão operando com novo contrato de transporte de resíduos. As unidades receberam, na quarta-feira, novas caçambas para recolhimento dos resíduos entregues pela população. Os 40 contêineres fazem parte do contrato regular assinado pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU) com a empresa Amazon Fort, vencedora do pregão eletrônico para prestação do serviço de transporte e destinação final de resíduos da construção civil, podas e volumosos.

O contrato, no valor de R$ 2.542.776,00, prevê também a remoção de animais mortos. Até então, esses serviços eram prestados via contrato emergencial. A empresa contratada deverá manter quatro caçambas metálicas em cada papa-entulho e realizar o recolhimento sempre que duas delas estiverem com sua capacidade máxima. Para a operação, a empresa dispõe de cinco caminhões poliguindaste, dois caminhões caçamba, dois caminhões carroceria, além do caminhão munck para remoção dos animais mortos.

Os papa-entulhos são fundamentais para manter a cidade limpa e organizada e diminuir consideravelmente os casos de dengue. O local construído adota um padrão de organização e segregação dos materiais entregues. Além disso, é uma boa fonte de economia para a população que realiza pequenas obras e reparos em suas residências e comércios. Cada pessoa pode entregar, gratuitamente, até um metro cúbico (equivalente a uma caixa d’água de mil litros) de resíduos de construção, volumosos (como móveis), restos de podas, material reciclável e óleo de cozinha usado.

Hoje, há dez equipamentos em pleno funcionamento em Taguatinga, Planaltina, Gama, Guará, Asa Sul, dois em Brazlândia e três em Ceilândia. Em janeiro, serão entregues as unidades de Águas Claras e de Santa Maria.

A meta é instalar 62 papa-entulhos pelo DF. Para a instalação dos equipamentos nas regiões administrativas do Recanto das Emas e Paranoá, a licitação deve sair em breve. Aguardam a cessão de uso duas instalações no Jardim Botânico, duas no Park Way, uma no Lago Sul e outra no Guará I. Além disso, dez áreas já têm permissão: Gama, Riacho Fundo I, Núcleo Bandeirante, São Sebastião, Paranoá, Estrutural, Varjão, duas em Sobradinho e uma segunda unidade em Taguatinga.

*Com informações do SLU

Fonte: Agência Brasilia

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Portal Goiás – Caiado alerta para “crescimento exponencial” de casos de Covid-19 em Goiás

O governador Ronaldo Caiado fez apelo ao “esforço coletivo” para frear propagação da Covid-19 em Goiás no momento em que a contaminação...

Família homenageia paciente que venceu a Covid-19 – Agência Brasília

Maria Amélia e sua família agradeceram o empenho dos profissionais do HRSam no tratamento contra a Covid | Foto: DivulgaçãoUma homenagem marcou a...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: