- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

GDF substitui 4 mil refrigeradores e 250 mil lâmpadas de população carente – Agência Brasília

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

A CEB Distribuição iniciou, nesta segunda-feira (21), na Estrutural, as ações do programa Agente CEB, cujo objetivo é auxiliar e orientar moradores de regiões carentes do Distrito Federal para o uso racional de energia elétrica. Para isso, técnicos promovem palestras educativas, trocam lâmpadas convencionais por lâmpadas LED e substituem refrigeradores antigos que consomem muita energia por aparelhos novos e mais eficientes em residências de baixa renda. Todos os equipamentos oferecidos pela CEB Distribuição contam com o selo Procel, o que garante a qualidade e a eficiência dos produtos.

“Para participar do programa é preciso ser cliente da CEB, estar adimplente com a Companhia e incluído no Cadastro Único de assistência social do Governo Federal. Além disso, deve possuir uma geladeira funcionando com, no mínimo, dez anos de uso e até cinco lâmpadas florescentes compactas, incandescentes ou halógenas, atendendo aos critérios do Programa”, explica o presidente da CEB, Edison Garcia. “É um incentivo para a regularização no Distrito Federal“, destaca.

Agente CEB

Esta será a quarta edição do programa Agente CEB que, além da tradicional substituição de refrigeradores e lâmpadas, vem com uma novidade: também será realizada a regularização de 500 unidades consumidoras em situação irregular, com a instalação do “postinho” (padrão de entrada) e medidor de energia.

Todo processo é gratuito. A seleção dos beneficiados começa com a visita de um agente de campo às famílias de localidades carentes do DF. Durante as visitas, o refrigerador é avaliado e, se for ineficiente, é agendada uma visita de um eletrotécnico, que valida a indicação e aplica um selo para que o equipamento seja substituído. O Agente CEB também verifica as lâmpadas e, caso sejam incandescentes ou fluorescentes, o morador receberá as LED’s, até o limite de cinco, para colocar na residência.

“O principal objetivo do Agente CEB é promover o combate ao desperdício de energia por meio da conscientização da população. As palestras educativas, associadas aos equipamentos eficientes distribuídos no projeto, promovem a redução do consumo e, consequentemente, ainda aliviam as contas mensais da população mais carente do Distrito Federal”, afirma o diretor de Regulação, Wanderson Menezes.

O Agente CEB começou nesta segunda-feira (21), na Estrutural, e seguirá para Brazlândia, Ceilândia, Itapoã, Paranoá, Varjão, Sobradinho II, Planaltina, São Sebastião, Santa Maria, Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo I, Riacho Fundo II e Samambaia.

“Durante a execução do programa, promovemos a busca ativa dos potenciais beneficiários, ampliando a base de clientes cadastrados no Tarifa Social e fomentando a regularização daqueles que porventura estejam inadimplentes junto à CEB, o que traz ainda mais benefícios tanto para o cidadão quanto para a CEB”, completa.

O Agente CEB começou nesta segunda-feira (21), na Estrutural, e seguirá para Brazlândia, Ceilândia, Itapoã, Paranoá, Varjão, Sobradinho II, Planaltina, São Sebastião, Santa Maria, Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo I, Riacho Fundo II e Samambaia.

O programa prevê a substituição de 4 mil refrigeradores e 250 mil lâmpadas convencionais por lâmpadas LED e a regularização de 500 consumidores com a instalação de “postinhos” e medidores de energia no Distrito Federal.

O que é Programa de Eficiência Energética – PEE

A Lei nº 9.991/2000, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), determina que as concessionárias de distribuição de energia elétrica devem aplicar, anualmente, 0,40% de sua receita operacional líquida no desenvolvimento de projetos que têm como objetivo principal promover o uso eficiente e racional de energia, como o Programa Agente CEB.

*Com informações da CEB

Fonte: Agência Brasilia

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: