- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Cruzeiro recebe a operação DF Livre de Carcaças – Agência Brasília

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...
Administradores e comunidades se unem para identificar possíveis criadouros do mosquito | Foto: SSP-DF

A operação DF Livre de Carcaças foi às ruas do Cruzeiro nesta terça-feira (22). Cinco veículos abandonados foram retirados de espaços da cidade. A ação, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF), faz parte da série de medidas adotadas pelo GDF para eliminar focos do mosquito Aedes aegypti. Na última semana a ação percorreu o Setor de Oficinas Sul.

O material retirado foi identificado por representantes de Conselho Comunitário de Segurança (Conseg), pela população e por membros de administrações regionais. “O trabalho conjunto para localização desse material é essencial para a continuidade da ação”, avalia o coordenador de Consegs da SSP-DF, Marcelo Batista.

Ele lembra que a população pode contribuir com a identificação das carcaças. Para isso, basta enviar e-mail para conseg@ssp.df.gov.br.

A ação conjunta reúne as secretarias das Cidades, de Políticas Públicas e DF Legal, o Departamento de Trânsito (Detran-DF), a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), a Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival), a Secretaria de Saúde (SES), a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF).

O material recolhido nas operações são alocados no pátio do 3º Distrito Rodoviário do DER/DF, em Samambaia, onde os agentes de Vigilância Ambiental aplicam soluções químicas na água parada e fazem o controle vetorial.

* Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Fonte: Agência Brasilia

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Parque do Paranoá terá mais conforto e segurança – Agência Brasília

As ações de melhoria incluem troca de portões, reforma de cercas e da sede; limpeza e revitalização da coopervia e placas de sinalização;...

Variante do coronavírus do Amazonas é identificada em São Paulo

A Secretaria de Saúde do Estado e São Paulo confirmou hoje (26) que a variante do coronavírus encontrada no Amazonas foi identificada em três...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: