- PUBLICIDADE -

Ceasa-DF aprimora gestão e chega renovada aos 48 anos – Agência Brasília

Mais Lidas

Três novos pavilhões totalizam uma área de 86.721,28 metros quadrados para comercialização | Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

Ao completar 48 anos de idade neste domingo, 11 de outubro, a Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF) está mais moderna, com pavilhões novos, e mais completa, com a reabertura do Mercado do Peixe. Mesmo em meio à crise mundial de saúde, a instituição continua a todo vapor, trabalhando para além da comercialização de alimentos, pois o abastecimento não pode parar. O funcionamento da Ceasa-DF está normalizado após um período de distanciamento social, das 4h30 às 17h.

Desde 2019 a empresa investe em sua revitalização e ampliação, com melhorias que vão desde pintura das faixas de pedestres até a construção de três novos pavilhões, totalizando uma área de 86.721,28 metros quadrados para comercialização. A expectativa é de que esses novos empreendimentos gerem cerca de 200 empregos diretos, sendo que uma das metas é alinhar qualidade, solidariedade e sustentabilidade – slogan da empresa adotado no fim de 2019.

“Nós temos os mais variados produtos, sempre fresquinhos e de alta qualidade. Recebemos mais de 12 mil pessoas nos dias de maior movimento, com produtos e compradores de todo o Brasil”Onélio Teles, presidente da Ceasa-DF

DNA

A qualidade é um atributo intrínseco à Ceasa-DF. Essa característica está presente não só nos produtos comercializados na empresa, mas também nas boas práticas de produção e de comercialização que os produtores devem seguir para oferecer seus produtos.

Em parceria com a Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF) e a Secretaria de Agricultura (Seagri-DF), a empresa iniciou o processo para que os produtores se adequem às boas práticas, principalmente no tocante a rastreabilidade, oferecendo cursos e orientações para a certificação das propriedades rurais.

Segundo o presidente da Ceasa-DF, Onélio Teles, a empresa se tornou referência entre as Ceasas do país ao longo desses 48 anos de atividades. “Nós temos os mais variados produtos, sempre fresquinhos e de alta qualidade. Recebemos mais de 12 mil pessoas nos dias de maior movimento, com produtos e compradores de todo o Brasil”, destaca.

| Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

A Ceasa-DF também investe na capacitação de seus servidores, com o objetivo de prestar um atendimento de excelência, tanto aos produtores e permissionários, quanto aos consumidores. A empresa também se destaca pela transparência de sua administração.

“Zelamos pela pró-atividade, bom atendimento e transparência na gestão da empresa. Todas as demandas da Ouvidoria são tratadas com prioridade máxima e a nossa transparência rendeu à Ceasa o prêmio do Índice de Transparência Ativa da Controladoria-Geral do DF”, acrescenta o presidente da Ceasa-DF.

Solidariedade

A Ceasa-DF também desempenha uma importante função social por meio do Banco de Alimentos, braço solidário da empresa. O local atende instituições sem fins lucrativos, previamente cadastradas, que beneficiam milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade alimentar por meio de três principais programas: Programa Desperdício Zero, Programa de Doação Solidária e Programa de Aquisição de Alimentos.

De janeiro a setembro, mais de um milhão de quilos de alimentos foram distribuídos à população em vulnerabilidade alimentar, um papel de destaque na erradicação da fome no Distrito Federal.

Além de repassar as doações de frutas, verduras e legumes, o Banco de Alimentos da Ceasa-DF promove a capacitação das cozinheiras das instituições sobre o aproveitamento integral dos alimentos. Isso evita o desperdício e resulta na preparação de pratos mais nutritivos para as pessoas em vulnerabilidade alimentar.

Sustentabilidade

A Ceasa-DF trabalha, também, para ser uma empresa mais sustentável. Implementou o Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, com o objetivo de dar uma destinação correta aos rejeitos da empresa; construiu uma biblioteca sustentável, com reutilização de restos de podas de árvores, paletes e até um carretel de fio de alta tensão. Além disso, instalou ecopontos para a separação dos resíduos e realiza campanhas de conscientização junto a produtores e consumidores.

Mais uma ação voltada para a preservação do Meio Ambiente é a realocação de parte do material descartado, como paletes, que são direcionados para a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap), vinculada à Secretaria de Justiça, para reaproveitamento e produção de itens de artesanato, utilidades domésticas e caixas de abelhas. A iniciativa também visa a qualificação profissional dos detentos do DF.

“Queremos e podemos fazer muito mais para o Distrito Federal, seja na qualidade do abastecimento de alimentos, nas ações para diminuir a fome de pessoas carentes ou na preservação do meio em que vivemos”, arremata Teles.

 

* Com informações da Ceasa-DF

Fonte: Agência Brasilia

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Portal Goiás – Geradores do HGG ganham nova arte do grafiteiro Binei

Conhecido como uma das maiores e mais completas galerias de arte do Estado, o Hospital Estadual Alberto...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: