- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

BRB passa a operar com o Fungetur – Agência Brasília

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

O Banco de Brasília (BRB) já tem disponíveis os recursos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur) para conceder financiamento especial ao setor turístico do Distrito Federal.  No fim do ano passado, o banco recebeu aporte de R$ 521 milhões e o credenciamento junto ao Ministério do Turismo para a oferta de empréstimo a um dos setores mais impactados pela crise da Covid-19.

“O credenciamento do BRB junto ao ministério e o início das operações via Fungetur são de extrema importância para o BRB, na condição de banco público e de protagonista do desenvolvimento econômico, social e humano do DF”, destaca o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.  “Vamos poder contribuir, ainda mais, para a recuperação econômica do segmento, que foi fortemente impactado no ano passado.”

“Vamos poder contribuir, ainda mais, para a recuperação econômica do segmento, que foi fortemente impactado no ano passado”Paulo Henrique Costa, presidente do BRB

Os recursos do Fungetur podem ser usados tanto para capital de giro quanto para aquisição de bens, como máquinas e equipamentos. Podem ser utilizados, ainda, em obras de construção, modernização e ampliação para a retomada das atividades, além de reformas em geral.

As condições variam conforme as finalidades do financiamento (todas com taxa de até 5% a.a. + Selic). Confira abaixo.

  • Capital de giro isolado para empreendimentos turísticos: destinado a financiamento de até 100% do valor de projetos de até R$ 30 milhões, para empresa ou grupo econômico, com até 60 meses para pagar.
  • Bens para empreendimentos turísticos com capital de giro associado: financiamento de até 100% (sendo até 30% para capital de giro) de projetos de até R$ 10 milhões, para empresa ou grupo econômico, com até 60 meses para pagar.
  • Obras civis para implantação ou melhoria de empreendimentos turísticos com capital de giro associado: financiamento de até 80% (sendo até 30% para capital de giro) do valor de projetos de até R$ 10 milhões, para empresa ou grupo econômico, com até 240 meses para pagar.

Para solicitar financiamento pelo fundo, é preciso ter conta no BRB e cadastro no Cadastur do Ministério do Turismo. Em seguida, os clientes devem procurar uma agência do BRB.

* Com informações do BRB

Fonte: Agência Brasilia

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Brasília tem seu primeiro contrato com o Fungetur – Agência Brasília

Secretária de Turismo Vanessa Mendonça, presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, e empresário Naldo Pereira | Foto: Setur/DFO turismo de Brasília inaugura uma...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo