Manifestações contra as reformas trabalhista e da previdência começaram cedo no Distrito Federal nesta sexta-feira (28/4). Por volta das 5h40, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros registraram seis pontos de protesto com queima de pneus e obstrução das vias.

Os bloqueios deram um nó no trânsito nas principais rodovias que dão acesso ao centro da capital do país: BR-020 (Sobradinho), EPNB, BR-070, BR-040, DF-001. Em algumas delas, motoristas pararam os veículos e saíram dos carros à espera da liberação das vias. A situação se agravou porque não há transporte público, já que os funcionários dos ônibus e do metrô aderiram à greve geral.

No balão de acesso ao aeroporto, cerca de 300 pessoas fecharam as vias próximas ao terminal, impedindo os passageiros de chegarem ao local. Por volta das 6h40, a pista foi liberada. Segundo a PM, manifestantes atiraram pedras nos policiais, que reagiram com bombas de efeito moral.

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.
COMPARTIHAR