Homem Flagrado em dois vídeos agredindo a própria mãe, a aposentada dona Joseth Coutinho Freitas, de 84 anos.

Mal acaba de entrar na sela , o homem é espancado, segundo informa o JORNAL DIÁRIO DO NORTE. Enquanto apanhava, o homem, que estava nu, é obrigado pelos agressores a dançar e dizer :“Eu sou um filho mau , um monstro”, diz a vítima durante seção de espancamento.

Ele teve o intestino perfurado e foi socorrido, levado ao Hospital de Urgências Municipal, onde alguns profissionais, recusaram atendimento, o qual só foi realizado devido imposição pela policia, caso contrario o homem poderia ter morrido , disse o Secretario de Administração Penitenciária e Justiça, o detento já teve alta médica e está isolado em uma cela no presídio estadual.

Detalhes:

Colegas dão socos e chutes na vítima por cerca de dez minuto, Secretaria diz que caso não se trata de agressão, mas de uma iniciação e não sera investigado. A vitima é o homem responsável pelas agressões a própria mãe, uma senhora velhinha de 84 anos.

CLIQUE AQUI PARA VER O MOMENTO EM QUE A POLICIA CIVIL PRENDE O ADVOGADO QUE MALTRATOU A MÃE DE 84 ANOS

Entenda o caso:

Elisio tentou justificar o ato afirmando sofrer de esquizofrenia e disse que a sua mãe é tudo para ele.

Elisio ainda pediu para o delegado que não voltasse para a prisão pois estava sofrendo muito com os mal tratos dos outros detentos.

Flagrado em dois vídeos agredindo a própria mãe, a aposentada, dona Joseth Coutinho Freitas, de 84 anos, o senhor Elisio foi encaminhado para Superintendência da Policia Civil na Capital.

A aposentada foi levada para o Instituto Médico Legal para realizar exame de corpo de delito.

De acordo com dados obtidos pela investigação da Polícia Civil do Maranhão, a mãe de Roberto Elísio possui uma aposentadoria no valor de R$38 mil da Universidade Federal do Maranhão, porém só estava recebendo R$12 mil líquido por conta de diversos empréstimos contraídos em seu nome. Existe a suspeita que oito empréstimos consignados foram realizados pelo filho da vítima, alguns dos parcelamentos prevê um pagamento de 49 parcelas no valor de R$3,5 mil.

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.
COMPARTIHAR