Neste último sábado (08), os soldados L. Soares e Luis Fernando do 6º BPM receberam um chamado bastante incomum ao que estão acostumados. Por volta das 8h um homem se dirigiu ao batalhão, perto do Congresso Nacional e informou que sua esposa, grávida de sete meses, estava em trabalho de parto. De imediato os soldados foram até o local para averiguar a situação. Chegando lá, a gestante já estava sentindo fortes contrações. Os policiais militares entraram em contato com o SAMU, porém foram informados que a ambulância do serviço chegaria em 15 minutos. Nesse momento os soldados chegaram ao consenso de que deveríam intervir. Eles deram início ao procedimento que foi realizado com sucesso.

Em cinco minutos, a equipe do SAMU chegou ao local do parto e deram assistência necessária.
O soldado L. Soares do (Grupo Tático Motociclístico – GTM 26) conta que a situação foi uma experiência inesquecível. “Realizar o parto foi bastante gratificante, única na vida. A gente só tem a ganhar em conhecimento e felicidade em nossa carreira. Estou muito gratificado e emocionado”.
Durante o Curso de Formação de Praça, os soldados recebem instruções sobre como proceder em situações que requer a realização de primeiros-socorros. O soldado L. Soares explicou que mesmo recebendo noções básicas, as instruções foram muito úteis. “Foi uma situação de emergência e tivemos que agir de maneira correta. O conhecimento básico dado no curso serviu para dar um norte e graças à Deus deu tudo certo.”
“Nós estávamos preparados e o parto foi realizado com sucesso. Apesar do nervosismo, não deixamos esse sentimento tomar conta da situação”, acrescentou o soldado Luis Fernando.
Instantes após o nascimento, os policiais militares enfrentaram mais alguns segundos de tensão. O bebê demorou um pouco a responder aos estímulos pós-parto, mas logo veio o momento de felicidade, o choro da criança. “Os pais estavam muito emocionados, chorando de felicidade. Eles nos agradeceram muito. O pai disse que não tinha palavras para descrever a gratidão.
Segundo o soldado Luis Fernando, a mãe da criança vai dar o nome de Luis ao filho em homenagem aos policiais militares.

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.
COMPARTIHAR