A Câmara Legislativa do DF derrubou, nesta terça-feira (14/4), o veto do governador Rodrigo Rollemberg (PSB) ao projeto de lei de autoria da vice-presidente da Casa, Liliane Roriz (PRTB), que impede alterações na quadra 901 Norte. A decisão, unânime, contou com 17 votos.A proposta da distrital pretendia preservar o plano de Lúcio Costa, mas com o veto do Executivo abriu-se a expectativa de retomar as especulações imobiliárias criadas com a discussão do texto do Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB).A deputada sustenta que a mudança de destinação da área, além de colocar em risco o tombamento da capital, poderia comprometer gravemente a qualidade de vida no centro de Brasília. “Lúcio Costa destinou aquela área para espaços comunitários e de lazer, que não comprometessem o conceito de horizontalidade de nossa capital. Brasília não é terra de ninguém”, disse.
Rollemberg justificou o veto ao dizer que cabe exclusivamente ao Poder Executivo legislar sobre questões de terras públicas. Como resposta, a parlamentar afirmou que todo representante da população deve se preocupar não apenas com o tombamento da capital como Patrimônio da Humanidade, mas principalmente pela história de Brasília.

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.