A Agência de Fiscalização do DF (Agefis) continua a derrubada de construções irregulares no Residencial Nova Jerusalém, em Ceilândia. Em contraste com o que aconteceu nos dias anteriores, não há confronto com os moradores. Compõem a força-tarefa 651 policiais, entre militares e civis, participaram da operação, em conjunto com a Agefis, a Subsecretaria de Ordem Pública e Social (Seops) e o Departamento de Trânsito (Detran).

O uso de força por parte de policiais, com bombas de efeito moral e de gás lacrimogênio, e dos manifestantes, armados de coquetéis molotov e montando barricadas, dá lugar a um cenário de resignação por parte dos desalojados. Os coquetéis molotov foram substituídos por lágrimas de famílias que tiveram as casas derrubadas. Apesar do não conflito, moradores afirmam que os policiais usaram spray de pimenta para tirá-los das residências no começo da manhã. Nesta terça, foram derrubados, até o momento, 23 barracos de alvenaria e 13 de lona. Na segunda, 107 construções foram demolidas.

Fonte : Correio

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.
COMPARTIHAR