- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

valor do IPVA 2021 está disponível para consulta a partir de hoje

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

Os donos de veículos registrados no estado de São Paulo podem conferir o valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2021 na rede bancária autorizada a partir desta terça-feira (22). A consulta pode ser feita nos terminais de autoatendimento, internet banking e aplicativos de celular disponibilizados pelos bancos, usando o número do Renavam.

Também é possível consultar no portal da Secretaria da Fazenda, mediante o número do Renavam e placa do veículo. No portal, os donos de veículos para pessoas com deficiência (PCD) poderão consultar se permanecerão com o benefício de isenção do IPVA no próximo ano.

O calendário com a data de vencimento de acordo com a placa do veículo pode ser consultada no site. O dono tem até a data de vencimento da placa para quitar o imposto em cota única e com desconto ou pagar a primeira parcela do tributo.

A partir de 4 de janeiro de 2021, é possível optar pelo licenciamento antecipado e realizar o pagamento independentemente do número final da placa do veículo: em cota única, até o dia 20 de janeiro de 2020, com desconto de 3%; em cota única, até o dia 25 de fevereiro de 2020, sem desconto; até o dia 22 de março de 2020, relativamente ao pagamento da terceira parcela, quando tenha ocorrido a opção pelo parcelamento.

Aquele que deixar de recolher o imposto fica sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Passados 60 dias, o percentual da multa é fixado em 20% do valor do imposto.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Uma questão de bem-estar – Agência Brasília

Equipes trabalham diariamente para manter a cidade limpa | Fotos: Tony Oliveira/Agência BrasíliaÉ uma questão de educação e...

Anvisa aprova vacina e GDF está pronto para agir – Agência Brasília

Vacinação começa na quarta-feira (20), às 10h| Foto: Geovana Albuquerque/Agência SaúdeNa tarde deste domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: