- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Rio: famílias afetadas por chuvas na Baixada recebem ajuda humanitária

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

As secretarias de Defesa Civil e de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro já entregaram mais de 1.800 itens de ajuda humanitária para moradores das cidades da Baixada Fluminense afetadas pelo temporal  do início desta semana. Em Duque de Caxias, município mais atingido pela forte chuva, foram distribuídos mais de 800 colchões, 400 kits de limpeza e 400 cestas básicas.

Magé recebeu 100 kits de higiene e limpeza e 100 cestas básicas. A ação coordenada dos órgãos estaduais nas cidades atingidas vem sendo realizada desde a última quinta-feira (24), mesmo dia em que o governador em exercício, Claudio Castro, esteve em Caxias para avaliar os estragos e definir as medidas de auxílio junto com a prefeitura.

ÁREAS AFETADAS PELAS CHUVAS EM XERÉMÁREAS AFETADAS PELAS CHUVAS EM XERÉM

Duque de Caxias, cidade mais afetada – Divulgação/Prefeitura de Duque de Caxias

Claudio Castro anunciou também o fornecimento de 150 cartões Recomeçar para que as famílias de Duque de Caxias possam adquirir novos eletrodomésticos. Os valores variam entre R$ 2 mil  e R$ 5 mil, dependendo de a pessoa ter ficou desalojada ou desabrigada.

Agentes das secretarias auxiliaram a Defesa Civil municipal na montagem de um posto de comando avançado para cadastramento das famílias afetadas.

A Superintendência da Proteção Social Especial e do Grupo de Gestão de Riscos, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, monitora toda a situação para garantir respostas e o atendimento qualificado às  152 famílias vítimas do temporal.

O monitoramento das condições meteorológicas e dos níveis pluviométricos do território fluminense pela Defesa Civil também continua, com o envio de alertas para as regiões, em caso de riscos hidrológicos e geológicos. 

Desde terça-feira (22), o Corpo de Bombeiros fez cerca de 150 atendimentos relacionados ao temporal em todo o Rio de Janeiro.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Estacionamentos novos em Brazlândia | Deputado Iolando

As obras de melhorias na cidade de...

Portal Goiás – José Vitti é o novo secretário de Indústria, Comércio e Serviços

O governador Ronaldo Caiado deu posse ao novo titular da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), José Vitti, em solenidade realizada...

Parque do Paranoá terá mais conforto e segurança – Agência Brasília

As ações de melhoria incluem troca de portões, reforma de cercas e da sede; limpeza e revitalização da coopervia e placas de sinalização;...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: