- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Programa Wi-Fi Brasil leva internet para vilarejo em MG 

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro das Comunicações, Fábio Faria, inauguram hoje (17) um ponto de conexão do programa Wi-Fi Brasil, no povoado de Conceição do Jacinto (MG). A antena ficará entre um posto de saúde e uma escola.

O vilarejo, com 12,5 mil habitantes, fica quase na divisa entre Minas Geras e Bahia e receberá banda larga de alta velocidade, gratuita e ilimitada. O ponto de conexão vai beneficiar mais de 400 pessoas, como estudantes que, durante a pandemia, necessitam da internet para ter acesso a material didático e poderem assistir aulas.

O sinal de internet será transmitido pelo Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC), um equipamento de alta tecnologia que abrange todo o território nacional e parte dos Oceanos Atlântico e Pacífico. No total, 12.715 pontos de wi-fi público e gratuito, iguais ao de Conceição de Jacinto foram instalados no país, sendo que mais da metade está no Nordeste e a maioria – cerca de 9,5 mil – atende escolas rurais.

Em Minas Gerais, são 537 antenas que recebem conexão do satélite geoestacionário brasileiro. Os pontos são instalados em parceria com a Telebras e têm um raio de alcance de aproximadamente 200 metros, com velocidade de 20 mega, e sem limite para o uso de dados. 

Essa velocidade é suficiente, por exemplo, para acessar redes sociais, assistir aulas on-line, fazer chamadas de vídeos e acessar serviços públicos e bancários.

A trabalhadora rural Maria Aparecida, moradora do vilarejo, gostou da chegada da banda larga. “Eu aproveito a internet para conversar com a família, ver receitas, essas coisas assim”, disse. “Dá para fazer chamada de vídeo, dá para matar a saudade. Com essa epidemia a gente não está podendo viajar [para visitar um parente]”. Ela disse que até para mandar uma carta precisa se deslocar para a cidade de Jacinto, distante 16 quilômetros de Conceição.

*Com informações do Ministério das Comunicações.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Portal Goiás – Governo de Goiás assina ordem de serviço para recuperação da GO-108

O presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transporte (Goinfra), Pedro Sales, assinou ordem de serviço para...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: