- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Pela primeira vez, cidade de São Paulo zera fila por vagas em creche

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

A prefeitura de São Paulo anunciou hoje (17) que, pela primeira vez, a cidade conseguiu zerar a fila pela espera de uma vaga em creche. Até dezembro de 2016, pelo menos 65 mil crianças aguardavam lugar nesses estabelecimentos. Segundo a prefeitura, foram criadas 91 mil vagas nos últimos quatro anos. Apenas os pais que optaram por uma unidade específica permanecem na fila.

“Pela primeira vez na história, zeramos a fila da creche na cidade de São Paulo, uma conquista não apenas desta administração, mas da cidade de São Paulo, que eu queria dividir com todos os ex-prefeitos e ex-prefeitas que me antecederam neste cargo, que também fizeram a sua parte para que hoje pudéssemos comemorar esse grande feito”, disse o prefeito Bruno Covas.

Em setembro de 2017, a administração municipal, ainda na gestão de João Doria, fechou acordo com o Tribunal de Justiça comprometendo-se a criar 85.500 vagas em creches até dezembro de 2020, conforme promessa do então prefeito no Plano de Metas. Segundo o acordo, as vagas criadas para crianças até 3 anos deveriam ter como prioridade as Diretorias Regionais de Ensino que registravam o maior número de crianças na fila no fim de 2016.

“Não temos hoje nenhuma criança aguardando por vaga em creche, com aproximadamente 5 mil vagas ociosas ainda na rede pública municipal e quase 4 mil vagas credenciadas junto ao programa Mais Creche. Existem ainda 540 crianças que aguardam na fila por uma creche específica, porque as famílias preferem determinada unidade, apesar de a prefeitura oferecer vagas em quatro ou cinco creches do entorno”, explicou o secretário municipal de Educação, Bruno Caetano.

Segundo Caetano, a partir da próxima semana, a secretaria entrará em contato com os pais e responsáveis pelas crianças para oferecer vagas no entorno dos locais pelos quais eles optaram e esperam.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Parque do Paranoá terá mais conforto e segurança – Agência Brasília

As ações de melhoria incluem troca de portões, reforma de cercas e da sede; limpeza e revitalização da coopervia e placas de sinalização;...

Variante do coronavírus do Amazonas é identificada em São Paulo

A Secretaria de Saúde do Estado e São Paulo confirmou hoje (26) que a variante do coronavírus encontrada no Amazonas foi identificada em três...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: