- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Consumidor deve ter cautela para evitar problemas com compras de Natal

Mais Lidas

Atibaia recebe R$300.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o Ministério da Saúde destinou R$300.000,00 para o município de Atibaia...

Martinópolis recebe R$500.000,00 a pedido da deputada federal Carla Zambelli – Carla Zambelli

A cidade de Martinópolis recebeu, após pedido da deputada federal Carla Zambelli ao Ministério da Saúde, verba no...

Contra o COVID-19, Santa Rita do Passa Quatro recebe R$400.000,00 a pedido da deputada Carla Zambelli – Carla Zambelli

A pedido da deputada federal Carla Zambelli, o ministério da Saúde destinou R$400.000,00 para o município de Santa Rita...

Os consumidores que deixaram para comprar os presentes de Natal na última hora devem ficar atentos para não terem problemas com a compra dos produtos. Além dos cuidados contra a pandemia de covid-19, como evitar aglomerações, o cidadão deve pesquisar os preços das mercadorias, formas de pagamento e evitar compras por impulso. 

Pelas recomendações do Procon-SP, o consumidor deve ficar atento na apresentação dos preços dos produtos expostos nas vitrines das lojas, que devem informar o valor à vista. Se forem vendidos a prazo, devem informar o número de parcelas e as taxas de juros. 

Os estabelecimentos não são obrigados a fazer a troca de mercadorias que não apresentaram defeitos. No entanto, os lojistas acabam adotando esta prática para não perder o cliente. 

No caso de defeito, o Código de Defesa do Consumidor (CDC) definiu o prazo de 30 dias para reclamações sobre produtos não duráveis e 90 dias para itens duráveis. 

Em todas as compras, o Procon recomenda que a nota fiscal seja exigida. Também ressalta que o consumidor deve evitar compras no comércio informal. 

Compras pela Internet

Quem optar em fazer compras pela internet como forma de fugir das aglomerações em shoppings e feiras também deve ter alguns cuidados para evitar problemas com os presentes. O prazo de entrega deve ser observado pelo cliente antes da compra. No caso de arrependimento, independente do motivo, o prazo de troca é de sete dias, contados a partir da entrega do produto. 

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Portal Goiás – Caiado inaugura, em Goiânia, 1º Ipasgo Clínicas especializado em saúde mental

O governador Ronaldo Caiado inaugura nesta sexta-feira (22/01), às 9h, o primeiro Ipasgo Clínicas especializado em saúde mental do Estado. A unidade,...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

%d blogueiros gostam disto: