Um técnico de laboratório de 31 anos foi preso como suspeito do estupro de uma jovem de 19 anos em Abril deste ano. A moça acreditava que estava indo para uma entrevista de emprego, mas acabou dopada e abusada sexualmente. Ela foi vítima do golpe conhecido como “boa noite, Cinderela”. Segundo as investigações, o homem entrou em contato com a jovem pelas redes sociais usando um perfil falso, fingiu ser uma mulher e disse que havia uma vaga de recepcionista disponível em um laboratório de exames do Gama. No dia marcado, o suspeito teria oferecido um suco, a vítima tomou e acabou dormindo. Ela acordou seminua dentro de um quarto.

Segundo o titular da 27ª DP, Pablo Aguiar, a polícia realizou testes em copos encontrados no carro do técnico de laboratório e foi confirmado o vestígio de entorpecente usado para que a vítima desmaiasse. O suspeito é casado e criou uma página falsa na internet usando o nome de uma colega de trabalho da esposa, que não sabia dos atos criminosos do marido.

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.
COMPARTIHAR