Jornal Destak/Foto: Watsap – 19/04/2017 – 08:45:31

Um protesto de policiais civis contra a reforma da Previdência provocou ontem tumulto e quebra-quebra no prédio do Congresso.

 

Os manifestantes tentaram invadir o Parlamento pela entrada principal, mas foram impedidos pela polícia legislativa. Na confusão, vidraças das portas do local foram quebradas e puderam ser ouvidos ao menos três estouros de bombas de efeito moral.

 

Após o tumulto, o grupo foi recebido pelo relator da reforma, o deputado Arthur Maia (PPS-BA), que aceitou reduzir dos 60 para 55 anos a idade mínima para a categoria pedir a aposentadoria.

“Não estou tratando com os vândalos que fizeram isso. Estou tratando com os representantes parlamentares que representam os policiais”, disse.

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.
COMPARTIHAR